E com a brasa tocou a minha boca, e disse: Eis que isto tocou os teus lábios; e a tua iniquidade foi tirada, e expiado o teu pecado. Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim. Isaías 6:7-8


 

“Para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo dos céus, tempo para nascer, e tempo para morrer; tempo para plantar, e tempo para arrancar o que foi plantado” Eclesiastes 3,1-2


Nesse mês que a Igreja nos faz refletir sobre nossa vocação, queremos diante da palavra de Deus fazer um exame de consciência de como vai nossa “firme adesão” a proposta de vida que Cristo nos convida pelo seu Evangelho.


Da mesma forma que no livro de Gênesis Deus diz na criação do mundo: Faça-se a luz. E a luz foi feita. (Gen.1, 3), Maria disse “Faça-se em mim” e gerou dela o Cristo para todos nós

Estamos no mês de maio, dedicamos esse tempo a contemplar os sentidos de Maria para nossa vida. Ao menos deveria ser, pois a igreja nos propõe uma profunda reflexão no sentido real de Maria na vivência daquele que busca viver a vida de um discípulo autêntico.


“E foi Maria Madalena anunciar aos discípulos: Vi o Senhor! Jo.20,18”

É tempo de mergulhar profundamente no mistério de Deus revelado em Jesus Cristo. A liturgia nos oferece a oportunidade privilegiada de reviver entrando no mistério da Salvação. Hoje para nós, Cristo ressuscitado quer se manifestar, precisamos estar sensíveis à sua voz


Pagina 5 de 6

FALE CONOSCO

  • Rua João Ridley Bufford,79 – Centro Santa Bárbara d’Oeste – SP
  • (19) 3044–3898
  • contato@operariosdamesse.org.br
  • Como Chegar

Pedido de Oração

Pesquise aqui