TUDO NO TEMPO DE DEUS

 

Segue o testemunho que marca os passos decisivos para materialização do projeto que culminou no lançamento do livro “TUDO NO TEMPO DE DEUS”. Vivemos em uma sociedade marcada pelo imediatismo, porém a ação de Deus não se configura por essa cultura, mas sim no tempo, como ensina-nos o livro do Eclesiastes: “Para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo dos céus, tempo para nascer, e tempo para morrer; tempo para plantar, e tempo para arrancar o que foi plantado”.

Quando senti o desejo de dar início a este livro, no objetivo de testemunhar que a partir de uma vivência marcada muitas vezes pelos limites humanos e, assim sendo, imperfeita, encontro por meio de um chamado específico a manifestação do Amor de Deus que não veio para alguns, mas para todos aqueles que o buscam.

Na palavra de Deus recebemos essa afirmação do próprio Jesus que nos diz:

“Pedi e será dado. Buscais e achareis. Bateis e vos será aberto. Porque todo aquele que pede, recebe. Quem busca, encontra. E a quem bate se abrirá” (Mt 7,7).

Quanta verdade contida nesse versículo, e o mais fascinante é que independente da sua situação, o próprio Deus se expõe dizendo: “se você me procurar, irás me encontrar”.

A ação da Providência Divina não é um fato isolado, mas sim um favorecimento para aqueles que dão seu passo ao encontro diário desse Deus que se faz encontrar a todo tempo: “A Providência Divina age também por meio da ação das criaturas. Aos seres humanos Deus concede cooperar livremente para seus desígnios” (CIC, 323).

A partir desse encontro diário, no tempo de Deus quis transmitir as experiências vivenciadas com a marca profunda do Amor de Deus, pois de nada valeria esse livro se não houvesse um encontro profundo e verdadeiro com esse imenso Amor.

A palavra de Deus nos diz, na carta de São Paulo: “Sabemos que, para os que amam a Deus, tudo concorre para o bem” (Rm 8,28). A Providência Divina está dentro da   ordem da nossa salvação, como nos afirmaSta. Catarina de Sena: “Tudo procede do amor, tudo está ordenado à salvação do homem, Deus não faz nada que não seja para esta finalidade”.

Para que essa graça aconteça precisamos dar nossa parcela, não como um sinal de “troca”, mas como um ato de livre desejo em viver radicalmente os princípios do Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo.

Quando derrubarmos a cultura da troca e aderirmos à cultura do Evangelho de Cristo - que é dom, é gratuito - entenderemos mais, e experimentaremos com maior profundidade o que é Providência Divina.


FALE CONOSCO

  • Rua João Ridley Bufford,79 – Centro Santa Bárbara d’Oeste – SP
  • (19) 3044–3898
  • contato@operariosdamesse.org.br
  • Como Chegar

Pedido de Oração

Pesquise aqui