Blog - Formações

Jovens quem são seus ídolos?

Parece que não, mas os nossos ídolos, as pessoas que admiramos, a música que ouvimos podem nos influenciar.

Eu sei que muitos podem dizer: “Tenho meu estilo, ninguém me influência!”

Digo a você jovem, seu modo de vestir é porque você viu alguém se vestir daquela maneira e gostou, tentou comprar uma roupa parecida com aquela pessoa, geralmente é alguma atriz, um cantor do estilo musical que você gosta.

Lembro-me de uma onda que ainda hoje perdura, e começou no tempo da minha adolescência; a “calça larga”. Parecia que tínhamos comprado calças dois números maiores, influência dos rappers americanos. Com o tempo alguns apareceram com as calças caindo da cintura, mostrando parte das peças intimas, principalmente masculina; tornou-se uma febre, e todos os meninos queriam andar com a cueca aparecendo; até que começou a ser divulgado qual a razão verdadeira das calças baixas, que os presidiários nos Estados Unidos que estavam disponíveis sexualmente ficavam com as calças dessa forma, assim ficaria mais fácil de serem identificados.

Não são só as roupas, mas também as atitudes dos ídolos que são copiadas pelos jovens; lembro da morte de um grande cantor; Kurt Cobain vocalista da banda Nirvana, que se matou depois de uma grande ingestão de drogas, deixando uma carta falando de várias coisas; mas o que me chamou à atenção foi o fato que ele disse que teria que morrer com vinte sete anos, como outros grandes roqueiros. Foi também influênciado pelos seus ídolos.

Convido a você querido jovem a não admirar a vida desses artistas pelo que eles dizem nas reportagens, pois a vida real destes não é nada do que eles realmente falam.

A vida de Jesus sim foi verdadeiramente nas multidões ou longe delas, por isso foi até as últimas consequências, entregou sua vida para que hoje tenhamos vida e vida em abundância.  (Leia o evangelho de São João 10,10).

Muitos santos e santas da igreja seguiram seus ensinamentos, desejaram viver intensamente e mudaram o rumo da história. Não me esqueço de uma frase de Santa Catarina de Senna: “Jovens, se fores aquilo que Deus quer colocareis fogo no mundo”.

Os ídolos da terra têm uma vida limitada, e Deus quer que você a tenha em abundância, não fique preso aos vícios, ao ódio, às modas, mas seja livre, e para ser livre é preciso conhecer a sua verdade e a verdade da sua vida que esta escondida em Cristo Jesus.

Jovens, é momento de colocar fogo no mundo.

Valeu até a próxima . Fuuuuuuuuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!!!!!!!!         

Anderson Roberto Gomes

Postulante da Comunidade Operários da Messe

A vida foi feita para ser vivida

A vida é o dom mais belo, mais precioso, e muitas vezes não paramos para meditar que a vida foi feita para ser vivida. Podemos decidir muitas coisas como: o que comer, como agir, falar, escolher as coisas ruins e boas... Mas existe algo que não podemos escolher como o nascer, ninguém decidiu nascer, alguém decidiu por nós, Deus nos desejou.

Leia mais...

Deus se manifesta por sua Palavra!

 

“O evangelho é a força salvadora de Deus para todo aquele que crê” (Rm 1,16). Ele deve ser aplicado a cada dia em nossas vidas, pois é isso que vai gerar em nós as feições de Cristo. No capítulo primeiro da carta de São Paulo aos Romanos, dos versículos 16 ao 25, relata que o “justo vive pela fé”(v.17), e também que “a ira de Deus se revela contra toda impiedade e iniquidade do homem “(v.18).

Diante de tudo isso, podemos pensar e olhar para Deus como se ele não só manifeste a justiça, mas também a vingança conforme as nossas atitudes. Em sequência de toda leitura vamos percebendo que a manifestação de Deus é dada a conhecer a todos aqueles que buscam a sua palavra, a todos os que têm fé; no entanto a natureza divina que carregamos, desde “antes de sermos gerados no ventre de nossa mãe nós fomos gerados e consagrados no coração de Deus”, como a palavra nos traz em Jr 1,5; portanto tudo o que foge da natureza divina carregamos como consequência em nossa própria carne, sendo assim, não podemos dizer que Deus “castiga”, mas somos nós que saímos do contexto ao qual somos chamados e convidados a viver, que é a santidade; “Sede santos assim como o vosso Pai celeste é Santo” (Mt 5,48).

A cada dia podemos ser sustentados e fortalecidos pela palavra de Deus, a viver a fé mesmo diante daquilo que carregamos que é da concupiscência, que herdamos da origem; para isso temos que lutar muito, mais do que quando lutamos por um bem financeiro, emprego, casa, carro, e tantas outras coisas que são corruptíveis. “Trocaram a glória de Deus incorruptível por uma figura ou imagens corruptíveis” (Rm 1,23).

Mediante a tudo isso, humanamente falando, pode parecer loucura perante aquilo que o mundo nos propõe a viver, mas tudo isso é palavra de Deus, e é por esta razão que ela é a força salvadora, como diz São Paulo: “Eu não me envergonho do evangelho”, pois ele próprio experimentou tudo o que foi da carne, e por amor a palavra e a Deus se deixou purificar, viveu a maior conversão e todos os tempos a ponto de dizer: “Não sou eu quem vivo, mas é Cristo que vive em mim”(Gal. 2,20).

São Paulo foi tão humano como cada um de nós, mas teve uma atitude diante de uma queda, se levantar e assumir pela força e ação do Espírito Santo, que também carregamos em nós, se tornar uma nova criatura.

Que nós também diante de cada queda, cada fracasso, possamos assumir a nossa fé, e abraçarmos aquilo que é da vontade de Deus como filhos seus.

 

 

Neli M.M.Bueno Quirino

Co- fundadora da Comunidade Operários da Messe