Misericórdia a graça que transforma

Hoje em dia há uma desvirtuação de sentido da Misericórdia, motivado muitas vezes em troca de acomodar as situações irregulares de pecado em que muitas pessoas vivem e praticam. Essa falsa misericórdia, fere a dignidade de filhos de Deus contrariando o que nos ensinou Cristo Jesus.

 

Com essa motivação, unido ao tempo favorável que vivemos em nossa Igreja, com o Jubileu Extraordinário da Misericórdia, abracei a proposta de apresentar a inspiração e o tema centra desse livro “ Misericórdia, a graça que transforma.”

No Evangelho de Lucas podemos ler: “Se um filho pedir um pão, qual o pai entre vós que lhe dará uma pedra? Se ele pedir um peixe, acaso lhe dará uma serpente? Ou se lhe pedir um ovo, dar-lhe-á porventura um escorpião? ”(Luc.11, 11-12). infelizmente muitos anunciam dando a pedra, a serpente e o escorpião.

A Misericórdia de Deus é ação que verdadeiramente transforma, “O PAI” se debruça sobre nós com o objetivo de resgatar-nos de nossas misérias. É o poder de Deus que vence todo mal produzido pelo pecado.

Não podemos diminuir ou enfraquecer a misericórdia, precisamos apresentar a verdadeira face dessa compaixão, que está unida ao sacrifício de Cristo na cruz por cada um de nós. A misericórdia divina nos resgata para “vida em plenitude”, pois este é o desejo de Deus para nós, seus filhos.

Este livro nasceu a partir de muitas experiências concretas, no apostolado de nosso carisma, da libertação de pessoas que sentiram sua vida restaurada na dignidade. Por isso intitulamos esse livro “Misericórdia, a Graça que Transforma”.

Aqueles que encontram e experimentam essa “Misericórdia” nunca ficarão da mesma forma. Podemos ver o exemplo da Samaritana, de Maria Madalena e de tantas outras pessoas que até hoje podem testemunhar o poder transformador dessa imensa graça.

Convido você à adquirir essa obra que é um presente de Deus para nós nesse ano, para que seja impactado pelo poder transformador desta Divina Misericórdia.

Graça e Paz !

 

“Deus manifesta sua onipotência convertendo-nos dos nossos pecados e restabelecendo-nos em sua amizade pela graça (“Deus, qui omnipotentiam tuam parcendo maxime et miserando manifestas... - O Deus, que manifestais o vosso poder sobretudo na misericórdia”). CIC.277

César Quirino

Fundador da Comunidade