Cáritas Portuguesa disponibiliza ajuda a vítimas de terremoto no México

Instituição que já auxilia vítimas dos graves incêndios de Portugal se disponibilizou para ajudar população mexicana

 

A Cáritas Portuguesa manifestou seu pesar e solidariedade ao povo do México, após terremoto que atingiu a capital do país na madrugada da última terça-feira, 19. A instituição informou, em comunicado, estar disponível para prestar a ajuda que estiver ao seu alcance.

Com numerosos danos materiais e estruturais, entre eles desabamento de prédios e edifícios, o terremoto já soma mais de 200 mortes e inúmeras vítimas. Equipes de salvamento e voluntários continuam à procura de sobreviventes nos escombros, gerando uma grande rede de união e solidariedade observada e elogiada pela Conferência Episcopal do México (CEM).

O Papa Francisco, durante a catequese desta quarta-feira, 20, também manifestou sua solidariedade ao povo mexicano atingido pelo terremoto. “Elevemos juntos a nossa oração a Deus por quem perdeu a vida, que o Senhor conforte os feridos, seus familiares e todos os afetados”, disse.

Neste contexto, a Cáritas Portuguesa aproveitou para retomar, em seu comunicado, um dos apelos do Papa na Carta Encíclica ‘Laudato Si’, a “conversão ecológica”. A Caritas diz esperar que o “nefasto destruidor acontecimento” possa ser “mais uma oportunidade para que se recue nas agressões”, cada vez mais duras, ao planeta. “Já bastam as evidências existentes que a continuarmos a insistir nestes abusos, a Natureza não terá complacências”, observa.

O apoio, realizado no quadro de “relação fraterna da Confederação Internacional da Cáritas”, será mais um compromisso realizado pela rede Cáritas Portuguesa, que atualmente dedica-se às vítimas dos graves incêndios florestais ocorridos em junho deste ano, em Portugal.