O que são as doenças psicossomáticas?

 

Atualmente se escuta falar muito sobre as doenças de fundo emocional, como se as mesmas fizessem parte da história da medicina somente há pouco tempo. Mas, o termo “psicossomático” foi introduzido em 1818 por Helmholtz, com o objetivo de designar as doenças psicossomáticas que surgiam, tendo como origem aspectos mentais.

Iniciando nosso conhecimento sobre a medicina psicossomática, vamos esclarecer o significado de alguns termos muito usados na prática clínica.

Termos e significados*

Somatiforme, somatoforme ou somatomorfo: Toda patologia psíquica que se faz representar no orgânico ou físico.

Somatização: Quando os sintomas envolvidos dizem respeito aos órgãos e sistemas (cardíaco, muscular, respiratório, genital, etc.), mas não se encontra uma correspondência de alteração fisicamente comprovada.

Conversão: Quando a parte física envolvida diz respeito à comunicação corporal da pessoa (cinco sentidos, musculatura, coordenação, etc.), mas não se encontra uma correspondência de alteração fisicamente comprovada.

Dissociação: Quando a parte envolvida diz respeito ao próprio psiquismo (Confusão mental, delírios, despersonalização, desorientação, etc.) mas não se encontra uma correspondência de alteração fisicamente comprovada.

Psicossomáticas: Doenças determinadas, agravadas ou desencadeadas por razões emocionais, com presença de alteração orgânicas constatáveis (asma, hipertensão, dermatites, diabete, etc.)

Linguagem do corpo

A partir destes conceitos, iremos agora compreender um pouco mais as linguagens do corpo através de sua relação com a mente, as emoções e o espírito.Não é nossa pretensão esgotarmos o assunto, mas oferecemos pequenas luzes nesse fascinante universo da emoção a lesão.Agora pega o teu leito e anda!


FALE CONOSCO

  • Rua João Ridley Bufford,79 – Centro Santa Bárbara d’Oeste – SP
  • (19) 3044–3898
  • contato@operariosdamesse.org.br
  • Como Chegar

Pedido de Oração

Pesquise aqui