101 anos de idade, 91 como coroinha!

porque notou que a idade o tinha deixado “um pouco lento” no desempenho das suas funções a serviço do altar.

Ele é Peter Reilly, o coroinha mais longevo do mundo!

Peter ajudou durante nada menos que 91 anos nas celebrações litúrgicas da paróquia católica de Santa Maria – Nossa Senhora Estrela do Mar, na localidade litorânea escocesa de Saltcoats.

Desde 1924 até 2015, Peter Reilly foi acólito, ou coroinha, de gerações de sacerdotes – a paróquia calcula que foram pelo menos 30 padres.

RECONHECIMENTO PAPAL

O homem que dedicou a vida aos familiares, à comunidade e à fé recebeuhomenagens de dois Papas:

Bento XVI lhe concedeu a prestigiosa Medalha Benemerenti, uma condecoração papal criada em 1832 por Gregório XVI e entregue a pessoas que prestam um longo e excepcional serviço à Igreja, à família e à comunidade em geral.

Já o Papa Francisco fez questão de lhe enviar uma bênção pessoal por ocasião do seu centenário de vida – celebração que também contou com um cartão de aniversário enviado pela rainha da Inglaterra.

A sobrepeliz de Peter, que é a veste litúrgica branca usada tradicionalmente pelos acólitos, continua à sua espera para quando ele puder voltar às funções. Aos 101 anos de idade, o próprio Peter declara:

Eu tinha a preocupação de cair nos degraus. Mas eu não desisti. Espero reassumir, se eu conseguir fazer esses benditos joelhos funcionarem de novo“.


FALE CONOSCO

  • Rua João Ridley Bufford,79 – Centro Santa Bárbara d’Oeste – SP
  • (19) 3044–3898
  • contato@operariosdamesse.org.br
  • Como Chegar

Pedido de Oração

Pesquise aqui